O Kami foi encontrado a miar na rua, sozinho e de coração partido por não perceber o que estava ali a fazer. Estava cheio de fome e com muita vontade de entrar em casa de alguém, objectivos que vocalizou durante um dia inteiro, sempre alto e a bom som para quem estivesse disposto a ouvi-lo.

Ninguém o conhecia no bairro nem sabia como ele tinha ido ali parar mas ao fim de 24 horas já todos sabiam da sua presença porque o seu miar fazia eco pelas ruas e vielas. Desconfiamos que tenha sido abandonado pouco tempo antes porque era meiguinho e pedia muita atenção, traços típicos de um gato de casa que se encotra repentinamente na rua.

Abrimos-lhe a porta e ele entrou, prontamente demonstrando a sua alegria por já não estar ao relento. Comeu, bebeu, dormiu e depois do merecido descanso começou a brincar com os amigos que o rodeavam. Demonstrou ser muito sociável com felinos e adora estar perto de pessoas, de preferência ao colo ou muito coladinho à pernas de alguém. Descobrimos também que o Kami tem um fraquinho por lugares quentinhos e tecidos macios como o veludo ou a flanela.

É um comilão, talvez porque passou alguma fome enquanto esteve na rua. Come sem vergonha e adora biscoitos e latinhas. Faz amigos facilmente, quer sejam humanos ou felinos, e gosta de partilhar as coisas boas que tem com os seus amigos. Uma dessas coisas é o seu ronron.

O Kami quer uma família que goste de gatos amigos e bem dispostos. Procura um sítio onde haja uma caminha para se enrolar e uma tigela com comida e água fresca todos os dias. Promete ser sempre boa companhia e avisa de antemão que faz tenção de testar todas as camas e almofadas da casa até encontrar o seu poiso ideal.


Quer saber mais sobre o Kami? Escreva-nos para gatos.a.solta@gmail.com




Leave a Reply

Subscribe to Posts | Subscribe to Comments

Bem vindo ao nosso blog de adopções, aqui poderá conhecer os nossos amigos felinos e caninos.

Todos os nossos animais são dados vacinados, desparasitados e esterilizados.

A nossa actividade é mantida única e exclusivamente por doações de privados. As consultas veterinárias, medicamentos, alimentação e manutenção dos nossos animais dependem das suas doações pelo que qualquer ajuda é bem vinda.

A adopção de qualquer um dos nossos protegidos pressupõe a assinatura de um Termo de Responsabilidade e a entrega em casa da futura família.

Follow by Email

Lisboa, cidade felina. Grandes, pequenos, meigos, ariscos, andam pelas ruas a sobreviver dia a dia ou à procura de melhor futuro. É duro ser gato de rua.

- Copyright © Gatos à Solta -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -