Ganhou o nome quando apareceu ferido na colónia do Sr. Arnaldo, com a cauda meio amputada. Não se sabe bem o que lhe tinha acontecido mas que era permanente, era. Com o tempo a ferida sarou e ao Arnaldinho já não lhe fazia diferença, equilibrava-se como qualquer outro gato e não se sentia inferiorizado por ter menos cauda.

Gosta de festas, como comprova a foto, mas com moderação. Quando não quer mais é perfeitamente capaz de nos avisar que já chega e que quer ser deixado em paz.



É um senhor. Acorda cedo todos os dias para fazer a barba e pôr after shave (o Arnaldo é um Don Juan com as ladies) e gosta de carros antigos. Nada destes modelos mais recentes ultra compactos, porque como diz ele, "Carros a sério já não se fazem".

Aprecia uma boa conversa sobre automóveis ou futebol (o Arnaldo é do Paços de Ferreira) e não diz que não a uma cervejinha fresca acompanhada de tremoços numa tarde quente de Verão.

O Arnaldo é FIV+ portanto para além dos tremoços e pipis necessita uma alimentação equilibrada, ainda que por ele só comia aperitivos e mais nada.

Na realidade o que o Arnaldo quer é encontrar um lar onde possa passar os domingos refastelado no sofá a ver o jogo para depois entrar pela noite dentro com uma discussão acerca dos golos roubados e que ladrão que era aquele árbitro. Enfim, conversas do Arnaldo...



Quer saber mais sobre o Arnaldo? Escreva-nos para gatos.a.solta@gmail.com





Leave a Reply

Subscribe to Posts | Subscribe to Comments

Bem vindo ao nosso blog de adopções, aqui poderá conhecer os nossos amigos felinos e caninos.

Todos os nossos animais são dados vacinados, desparasitados e esterilizados.

A nossa actividade é mantida única e exclusivamente por doações de privados. As consultas veterinárias, medicamentos, alimentação e manutenção dos nossos animais dependem das suas doações pelo que qualquer ajuda é bem vinda.

A adopção de qualquer um dos nossos protegidos pressupõe a assinatura de um Termo de Responsabilidade e a entrega em casa da futura família.

Follow by Email

Lisboa, cidade felina. Grandes, pequenos, meigos, ariscos, andam pelas ruas a sobreviver dia a dia ou à procura de melhor futuro. É duro ser gato de rua.

- Copyright © Gatos à Solta -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -