Seria maravilhoso se todos os nossos gatos fossem perfeitos (até nas suas imperfeições) mas infelizmente a realidade não é essa.

Por cada gatinho lindo e rechonchudo que damos em adopção ficam para trás vários que não tiveram a mesma oportunidade, embora a mereçam.

A Gide é um caso único entre nós. Chegou-nos ainda bebé e cresceu connosco mas até agora não conseguiu encontrar o seu lugar. Passa os dias deitada na sua caminha, afastada dos outros gatos, não partilhando sequer os momentos de brincadeira ou a hora de alimentação. Vai sempre comer depois dos outros, lambendo as migalhas.

Nunca pareceu apreciar o contacto humano, apenas tolerá-lo. Deixa fazer as festas que quisermos mas parece sempre estar à espera que terminemos para pode voltar a relaxar. Mas dentro desta gatinha deprimida está uma felina orgulhosa e decidida ainda por desabrochar.

A Gide ainda não sabe que a vida não tem que ser triste, que podemos brincar e correr e fazer ronron. Nunca fez ronron, nem uma única vez.

Tudo o que podemos fazer por ela fizemos. Tem alimentação e um espaço confortável, companhia de outros gatos e pessoas, mas apesar de tudo isto não lhe podemos dar o que ela verdadeiramente precisa: um lar.

Não é uma gata para quem queira um companheiro felino imediato, é um ser que está por descobrir que há outras formas de viver e estar e que tudo pode ser mais fácil e simples. Só precisa de alguém que a queira ensinar.


Para saber mais sobre a Gide escreva-nos para gatos.a.solta@gmail.com



Leave a Reply

Subscribe to Posts | Subscribe to Comments

Bem vindo ao nosso blog de adopções, aqui poderá conhecer os nossos amigos felinos e caninos.

Todos os nossos animais são dados vacinados, desparasitados e esterilizados.

A nossa actividade é mantida única e exclusivamente por doações de privados. As consultas veterinárias, medicamentos, alimentação e manutenção dos nossos animais dependem das suas doações pelo que qualquer ajuda é bem vinda.

A adopção de qualquer um dos nossos protegidos pressupõe a assinatura de um Termo de Responsabilidade e a entrega em casa da futura família.

Follow by Email

Lisboa, cidade felina. Grandes, pequenos, meigos, ariscos, andam pelas ruas a sobreviver dia a dia ou à procura de melhor futuro. É duro ser gato de rua.

- Copyright © Gatos à Solta -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -