Parece mais uma gatinha preta mas as aparências iludem. 

A Tinker usa a sua pelagem negra banal como um disfarce que esconde uma super heroína por dentro.

Entre os seus super poderes estão o poder da perseguição incansável, o poder de tornar-se invisível ao enfiar-se debaixo de um lençol e o poder de devorar a comida húmida à velocidade da luz. Num piscar de olhos.

As prendas que a Tinker mais gostaria de receber no seu primeiro aniversário (futuros adoptantes, tomem nota) são óculos telescópicos telecomandados e um mini descapotável preto com tracção às quatro rodas (modelo offroad urbano).

Mas o seu maior dom é o de provocar o riso, consegue ser tão taralhoca na brincadeira que põe todos à sua volta às gargalhadas. O super poder do riso não deve nunca ser menosprezado - com muito boas gargalhadas se curam doenças deprimentes.

Gosta de companhia felina e humana, está sempre a rodopiar os calcanhares das suas pessoas preferidas. Gosta de dormir em poisos altos (como qualquer vigilante) e sempre que vê algo irregular vai investigar o que se passa. Para que a paz reine.

A Tinker Bell procura uma família com uma boa dose de amor pela aventura, daquelas que gostam de brincar horas a fio e de dar mimos. Se houver por essa casa um parceiro felino com gosto pela descoberta, ainda melhor.


Quer saber mais sobre a Tinker Bell? Escreva-nos para gatos.a.solta@gmail.com 


Leave a Reply

Subscribe to Posts | Subscribe to Comments

Bem vindo ao nosso blog de adopções, aqui poderá conhecer os nossos amigos felinos e caninos.

Todos os nossos animais são dados vacinados, desparasitados e esterilizados.

A nossa actividade é mantida única e exclusivamente por doações de privados. As consultas veterinárias, medicamentos, alimentação e manutenção dos nossos animais dependem das suas doações pelo que qualquer ajuda é bem vinda.

A adopção de qualquer um dos nossos protegidos pressupõe a assinatura de um Termo de Responsabilidade e a entrega em casa da futura família.

Follow by Email

Lisboa, cidade felina. Grandes, pequenos, meigos, ariscos, andam pelas ruas a sobreviver dia a dia ou à procura de melhor futuro. É duro ser gato de rua.

- Copyright © Gatos à Solta -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -